Exposições & Projetos

“Brasil Ainda Colônia” – Gabriel Pessagno

A atividade profissional de Gabriel Pessagno é pouco usual. Aliada à sensibilidade natural, ele buscou desde sempre cultivar um perfeccionismo com exigência máxima. Meu primeiro contato com esse jovem artista foi surpreendente, revelando um segmento de arte que ainda me era desconhecido.

" a janela do Sol” – Ilana Wajcberg

A Janela do Sol” individual da artista Ilana Wajcberg, apresenta pinturas que em comum, possuem como base de pesquisa a influência de viagens, a experiência de campo com diversidade cultural e as paisagens naturais. Em recente viagem à Machu Picchu e inspirada nas cores da arte local, para a individual a artista retoma a série “A Paisagem da cor”.

"Exposição Individual" – Adriano Lemos

J.B Goldenberg Escritório de Arte Apresenta:

Exposição Individual de Adriano Lemos

Abertura: 29 de Junho das 11h às 15h

Exposição: 01 a 21 de Julho

"Oras Bolas" – Sonia Talarico

A arte do fogo, da terra e da água, ou seja, a cerâmica, foi a primeira estação da viagem empreendida por Sonia Talarico no território das artes visuais.

"Vestígios Brasileiros" – Astrid Salles

O universo indígena despertou o interesse de Astrid Salles nos anos 80, época em que buscava um caráter brasileiro para seu trabalho, tendo então como grande incentivador o amigo Orlando Villas Boas.

"CASA" – Alexandre Matos

Blocos de madeira do brinquedo “O Pequeno Arquiteto” são a base das obras da exposição CASA, com curadoria de Paulo Gallina. Presente na infância dos brasileiros há gerações, essas peças inauguram, na visão do artista, a relação que temos com arquitetura quando brincamos de construir casas.

"GEOGRAFIAS SOLENES" – ALICE LARA, HENRIQUE DETOMI E JULIO LAPAGESSE

Encaro o percurso por estas geografias solenes como o personagem Eudoro Acevedo no conto Utopia de um homem que está cansado, escrito por Jorge Luis Borges, que adentra uma casa baixa e retangular rodeada de arvores após uma longa.

"Recortes Urbanos, Fauna e Flora" – Francisca do Val

Encaro o percurso por estas geografias solenes como o personagem Eudoro Acevedo no conto Utopia de um homem que está cansado, escrito por Jorge Luis Borges, que adentra uma casa baixa e retangular rodeada de arvores após uma longa caminhada por uma região inominada. 

"SEM BERÇO" – EVANDRO PRADO

Quando eu sair daqui, vamos começar vida nova numa cidade antiga, onde todos se cumprimentam e ninguém nos conheça. Vou lhe ensinar a falar direito, a usar os diferentes talheres e copos de vinho, escolherei a dedo seu guarda-roupa e livros sérios pra você ler. Sinto que você leva jeito porque

"OBRAS INÉDITAS"

Niobe Xandó, Gisela Eichbaum, Jandyra Waters, Agi Straus,
Bárbara Schubert Spanoudis e Elena Nikitina
Lembrando o espírito das concorridas exposições coletivas frequentes em São Paulo, em especial a partir da década de 1950

"PONTOS DE FUGA" - ESTELA SAHN

“Há uma certa nostalgia da forma, hoje datada, de apresentação do projeto de arquitetura: do nanquim sobre papel vegetal, dos tempos que antecederam o universo digital e seus programas de desenho virtual. É, também, um comentário irônico para com a linguagem mais técnica que o caracteriza: no lugar de servir

"Noh e o Brasil" - Jun Ogasawara

Terra Pura do Oeste é uma palavra de fé / oração) sobre um sonho da Terra Pura / o Céu) que fica lá longe, após o horizonte onde o pôr-do-sol do oeste se afunda no céu.
O Japão no século XII…

"Sintaxe do Voo" - Alexandre Matos

O artista Alexandre Matos expõe um conjunto de trabalhos que explora as possibilidades gráficas e metafóricas de objetos voadores como aviões de papel e balões. 

" SOprando SOnhos " - Sonia Talarico

 ” A primeira boa impressão que tive foi do conjunto de suas cerâmicas. Sempre admiro essa técnica e reconheço as dificuldades de sua confecção – incluindo riscos com eventuais quebras e erros de finalização. As peças são tão bem feitas …

"Livro de Cabeceira" - Midori Hatanaka

Tombado pela UNESCO como Patrimônio Cultural da Humanidade, “O Livro de Cabeceira” reúne impressões pessoais de Sei Shonagon, uma cortesã que servia a Casa Imperial do Japão durante o período Heian, no século X. Além de traduzido…

"Passeio" - Edu Cardoso

Apresentação das obras da produção mais recente do artista, inspiradas em suas andanças e memórias afetivas; comemorando 10 anos de trajetória artística em São Paulo.

"Aracne" – Individual de Adriana Affortunati

“ … Um olhar excessivamente formal, exclusivamente dirigido para as modalidades artísticas, reduziria o interesse de seu trabalho, circunscrevendo-o por atitudes compositivas, superficialmente pictóricas.